0

Sinjor-PA entrega Relatório de Violência contra jornalistas à Secom

Posted by Administrator on 20 de março de 2015 in ULTÍMAS NOTICIAS |

A presidente do Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor-PA), Roberta Vilanova, entregou, nesta sexta-feira (20), ao secretário de Estado de Comunicação Daniel Nardin, o Relatório de Violência contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa no Brasil, edição 2014, que foi lançado, em janeiro deste ano, pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). O Relatório mostra a gravidade da situação da categoria no Brasil, que tem sido vítima de variadas formas de violência, incluindo, assassinato.

Considerando que a violência contra jornalistas acontece em todos os Estados brasileiros e o documento inclui casos ocorridos em 2014 no Pará, Roberta solicitou atenção especial do governo do Estado, para que os responsáveis sejam identificados e punidos.

O Relatório também será entregue às Secretarias Estaduais de Segurança Pública; Justiça e Direitos Humanos, Conselho Estadual de Segurança Pública, Comando Geral da Polícia Militar, OAB-PA e outras autoridades.  

No Relatório de 2014, por exemplo, está registrada a agressão sofrida pelo repórter Márcio Lins e pelo repórter cinematográfico Jairo Lopes, ambos da TV Liberal, no dia 5 de abril; e o atentado contra o repórter cinematográfico Lucas do Carmo Alves, no dia 27 de novembro, em Altamira, além de casos de assédio político e ameaça.  

Nardin informou que toda vez que a Secom toma conhecimento de casos de violência contra jornalistas, imediatamente, aciona as autoridades de Segurança Pública para esclarecimentos e providências, como aconteceu com no caso dos jornalistas Márcio Lins e Jairo Lopes, ressaltando, no entanto, que é fundamental que o jornalista faça um boletim de ocorrência na polícia.

O Sinjor-PA também recomenda que os jornalistas vítimas de violência façam imediatamente um boletim de ocorrência e denunciem o caso ao Sindicato para receber apoio e orientação jurídica. Cada caso é registrado em ficha de notificação específica, onde devem ser inseridos os principais dados da ocorrência, tais como nome do jornalista, tipo de violência, local onde ocorreu dentre outras informações. Ao final do ano, os casos registrados no Pará são encaminhados à Fenaj para integrarem o Relatório de Violência contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa no Brasil.

No Sinjor-PA, o diretor Fúvio Maurício é o responsável pela notificação dos casos no Estado e a elaboração do Relatório Estadual. Os jornalistas podem denunciar os casos de violência diretamente à presidente do Sinjor-PA, pelo celular 98814-1257.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013-2018 Sinjorpa All rights reserved.
This site is using the Desk Mess Mirrored theme, v2.5, from BuyNowShop.com.